Coworking

Escritório compartilhado: por que considerar a alternativa?

Por 26 de agosto de 2019 Nenhum comentário

Está pensando em cortar gastos e dar uma energizada no seu negócio? Já considerou contratar um escritório compartilhado? Não só no Brasil, mas no mundo inteiro, os coworkings vêm apresentado um grande crescimento. Isso porque ao escolher um ambiente de trabalho compartilhado, novas oportunidades de negócio surgem. Isso vale não somente para freelancers ou para quem tem um pequeno negócio.

É comum empresas inteiras estarem alocados em coworkings ou mesmo segmentos de grandes empresas ocuparem esses espaços. Os motivos para essa migração são os mais diversos. Os avanços da tecnologia modificaram as relações de trabalho. A Fecomercio – SP publicou um texto falando sobre essas mudanças.

Os profissionais atuais têm menos amarras sociais, estão mais adeptos a horários de trabalho diferenciados e têm uma maior influência das redes sociais. Os ambientes de trabalho tradicionais e mesmo o home office já não representam mais a rotina de trabalho desses profissionais. Além disso, um escritório compartilhado oferece diversos benefícios, como economia, networking, possibilidades de fechar novos negócios.

Neste post, vamos falar um pouco mais sobre as vantagens de um escritório compartilhado para empresas já estruturadas e apresentar cinco dicas de por que você deve considerar essa opção.

5 motivos para você migrar para escritório compartilhado

Entre as principais dificuldades de uma empresa, está a manutenção com gastos físicos. A Comunidade Sebrae fez um estudo que levantou o percentual que o empreendedor precisa desembolsar todos os meses. Quando são ofertados serviços, se o negócio for de pequeno porte, os gastos ficam entre 15% e 25%. Se for uma empresa de serviço de médio a grande porte, tende a ficar em 15%.

Mas para além disso, existem muitos outros motivos para considerar a contratação de um escritório compartilhado. Vamos conhecer?

1 – Economia

Economia é assunto sério. Muitas empresas não conseguem permanecer no mercado e são obrigadas a  fechar as portas porque não arrecadam o suficiente para cobrir os gastos fixos. Ao considerar a utilização de um escritório compartilhado, você vai economizar em:

  • Internet;
  • Água;
  • Energia;
  • Funcionários para recepção e limpeza;
  • Manutenção de equipamentos e estrutura;
  • Contração de seguros e equipamentos de segurança;
  • Aluguel (caso não seja dono do seu próprio espaço);
  • Gastos com materiais de limpeza, copa, impressora.

2 – Networking

Você pode até não ser uma entusiasta do networking, mas não pode negar a importância que ele tem para o crescimento pessoal e profissional. Um coworking é o local ideal para aprimorar a sua rede de conexões e aumentar as possibilidades de novos negócios.

Um dos motivos é a diversidade de profissionais que atuam em um escritório compartilhado. Mesmo que você opte por uma sala mais reservada para trabalhar com a sua equipe, sempre existem as pausas para o café, o momento de dar uma relaxada ou aquela ida até a impressora. Essas situações, se você permitir, podem levar ao conhecimento de outros profissionais e empresas.

Além disso, uma outra vantagem é o conhecimento que pode ser adquirido acerca de outros assuntos e profissões. Todo crescimento e aprendizado deve ser sempre bem vindo para quem deseja impulsionar o seu negócio.

3 – Produtividade

A produtividade é um fator indispensável independente do ramo adotado. Atualmente os estímulos que cada profissional recebe constantemente são enormes. Esse é outro fator que mudou com a tecnologia.

Um funcionário motivado certamente vai trabalhar melhor e produzir muito mais. Coworkings são ambientes ideais para que o foco seu e de sua equipe estejam no trabalho. Isso porque esses espaços são utilizados por profissionais de diversas áreas, todos dispostos a melhorar e aprimorar o seu próprio crescimento.

Além disso, os próprios ambientes costumam ser inspiradores devido ao formato em que são feitos. Todo o espaço, os detalhes, são feitos para inspirar, aumentar o foco e a produtividade dos profissionais que vão trabalhar no local.

Para ilustrar melhor, pense no seu colaborador, trabalhando diariamente no mesmo ambiente, sem receber novos estímulos, sem contato com as novidades do mercado. As chances do seu estresse aumentar e de desviar o foco das tarefas certamente serão maiores do que se esse profissional estiver em um local que o motive a aprender, a se aprimorar e a fazer mais.

4 – Infraestrutura e expansão da empresa

Quando se toma a decisão de montar um escritório é preciso levar em conta todos os gastos necessários para tornar o espaço adequado.

É preciso pensar em toda a infraestrutura: mesas, cadeiras, computadores, internet, sala de reuniões, recepção. Nisso tudo está implicado não somente o custo, mas também o esforço e, muitas vezes, o tamanho do seu time não demanda todo esse esforço.

Nessas situações, é muito comum cortar gastos optando por reduzir a equipe da recepção, escolhendo uma internet mediana, a sala de reuniões é reduzida… Em um escritório compartilhado nada disso será problema. Isso porque esses espaços são pensados para atender uma grande demanda de profissionais e empresas. Portanto, são totalmente equipados evitando que você precise gastar ou se preocupar que algo vai faltar.

Outra vantagem de um coworking é a flexibilidade com relação a expansão do seu negócio. É óbvio que todo empreendedor quer ver sua empresa crescendo. Porém, muitas vezes não é possível controlar esse crescimento. Se você opta por um escritório convencional, pode ser mais difícil saber qual o momento de expandir para uma nova sala. Lembre-se: são muitos os gastos implicados.

Mas se você opta por um coworking, essa situação é facilmente contornável. Não será preciso pensar em uma nova sala, por exemplo. Nem fazer grandes cálculos para saber se o momento é certo para expandir o negócio.

O escritório compartilhado permite que a empresa cresça na medida em que o negócio necessite: se for preciso contratar um único funcionário é simples, mas se exigir aumentar o time todo, também é fácil de resolver. O coworking comporta todas as oscilações quando o assunto é expansão, seja para mais ou para menos.

5 – Maior liberdade

Por fim, um último fator que deve ser considerado é a liberdade proporcionada por um escritório compartilhado. Coworkings costumam ter planos mensais, além de oferecer teste ou a locação diária. Não gostou do local escolhido? A localização acabou não sendo a melhor para sua equipe? Então é só rever a sua pesquisa e escolher um novo espaço.

O que achou dessas dicas que preparamos para você? Foram úteis? Então convidamos a compartilhar em suas redes e ajudar outros profissionais e empreendedores que podem estar vivendo os mesmos dilemas.

Deixe uma Resposta

WhatsApp
X