Se você é empreendedor e vai abrir um negócio, possivelmente precisará de um escritório, certo? No entanto, nem sempre é possível (e necessário) comprar ou alugar um espaço, por conta do alto investimento inicial e das despesas recorrentes, como aluguel, contas de água, luz, internet, gastos com limpeza, entre outras contas.

Nos Estados Unidos e na Europa, por volta de 1980, a procura por estruturas flexíveis deu origem aos chamados escritórios virtuais (virtual offices). No Brasil, o conceito surgiu em 1994, após a abertura do mercado e a vinda de diversas multinacionais, que passaram a investir no país e precisar de uma sede para eventuais reuniões, além de atendimento telefônico personalizado e a garantia de recebimento das correspondências. Com o crescimento exponencial do empreendedorismo no país nos últimos anos, os donos dos seus próprios negócios têm observado no escritório virtual uma grande oportunidade para registrar e legalizar as suas empresas.

O que é um escritório virtual?

O serviço de escritório virtual normalmente é oferecido por coworkings e possibilita que as empresas tenham endereços fiscais e comerciais em diferentes localidades, sem precisar da presença do empreendedor ou de toda a equipe no local. Nos modelos tradicionais, ao contratá-lo, você passa a contar também com um escritório completo e equipado, com toda estrutura de recepção, salas de reunião e atendimento, que você poderá usar como sede da sua empresa.

Porém, para muitos empreendedores, o principal desafio é ter um endereço fiscal para regularizar e formalizar a empresa, permitindo a emissão do alvará e emissão de notas fiscais. Dessa forma, para atender a esse perfil, que não necessita de telefone, secretária eletrônica ou infraestrutura, por exemplo, surgiu um formato de contratação mais econômico e adequado à realidade dos empreendedores. A seguir, listamos alguns pontos sobre o esse modelo.

3 vantagens de contratar um escritório virtual

1) Conquista de um endereço fiscal e comercial

Independentemente do tamanho da sua empresa, contar com um endereço fiscal de prestígio e um endereço comercial em seus materiais de divulgação garante mais credibilidade e confiança ao seu negócio. Ou seja, além de prático e econômico, o modelo de escritório virtual também agrega valor ao seu negócio.

Normalmente, os empreendimentos dos coworkings que oferecem o conceito de escritório virtual costumam estar em zonas mais centrais ou consideradas como as de maior valor financeiro, o que acaba chamando a atenção dos clientes e parceiros e transmitindo mais profissionalismo e credibilidade em relação à sua empresa. Um exemplo é a Carbon, que está localizada no Centro de Joinville.

2) Contratação imediata

Os empreendedores não precisam esperar autorizações, isso porque o escritório virtual já está pronto e autorizado para receber o seu negócio.

3) Relação de custo-benefício

Além de não precisar arcar com os custos de um aluguel e condomínio, ao contratar um escritório virtual você também fica tranquilo em relação às contas do dia a dia, isso porque, tudo já estará incluso no seu pacote. Com isso, você poderá investir ainda mais em seu próprio negócio.

Como contratar um escritório virtual?

Normalmente, para contratar um escritório virtual são necessários alguns documentos, como: contrato da empresa, documentação pessoal dos sócios, comprovação de situação financeira regular e comprovação de legitimidade da atividade.

Quem pode contratar?

O modelo de escritório virtual é bastante versátil e indicado para diferentes tamanhos e tipos de companhia. Pequenos e médios negócios, empreendedores que estejam começando e multinacionais podem se beneficiar deste conceito. Se o objetivo é reduzir custos e alcançar profissionalismo e praticidade, está pode ser a solução ideal para o seu negócio.

Como escolher um escritório virtual?

Antes de sair à procura de um escritório virtual, conheça bem a legislação do seu segmento ou área de atuação. Dessa forma, você saberá quais são as exigências legais e especificações que você necessitará.

Faça uma pesquisa de mercado e liste as opções de sua preferência. Avalie a organização da empresa, bem como a localização e o atendimento prestado.

Após escolher o escritório virtual, preste bastante atenção nas cláusulas do contrato e confira detalhadamente tudo que o pacote escolhido oferece. Isso pode evitar dúvidas e problemas no futuro. Inclusive, dê preferência aos coworkings que não cobram multa em caso de rescisão de contrato e que exigem apenas 30 dias de aviso prévio.

Conheça o escritório virtual da Carbon

O Carbon possui planos que se adequam à sua necessidade de trabalho, com a oferta de escritórios virtuais. Mas por que somos considerados referência no assunto? Criada por empreendedores, a Carbon conhece as dificuldades em se iniciar um negócio e arcar com todos os custos deste processo. Por isso, trabalha para entender a principal dor dos empreendedores e busca solucionar de forma eficiente e pelo menor valor possível. Além disso, automatizamos o processo de contratação e, dessa forma, conseguimos reduzir o custo desse serviço em cerca de 70%.

Para conhecer as opções da Carbon, o coworking do Centro de Joinville, confira a página dos planos.

Deixe uma Resposta

WhatsApp
X